Erro
  • JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 43

Espiritualidade

con-lecionário.jpg

"QUEM REZA BEM,

VIVE BEM!"

Madre Elvira

COMO NASCEU A PROPOSTA DA ORAÇÃO
(contado por Madre Elvira)

"Quando abrimos as portas da casa, ainda não tinha a capela. De manhã rezávamos só nós o terço e salmos dentro de um quarto, e os rapazes depois de acordar iam trabalhar nos campos. No começo não tinha a proposta da oração, porquê pensamos assim: “Acolhemos o homem assim como ele é”. O homem é feito a imagem de Deus, então isso já é uma oração para nós que temos a fé. Mas depois de um mês tevê uma grande surpresa: um rapaz, invés de ir a trabalhar, de manhã cedo se levantou e entrou na nossa pequena e pobre capela. Sentou se perto de mim e me perguntou: “O que estão fazendo?”. Eu respondi: «Estamos rezando». Ele diz: «Eu também posso rezar?». E ele ficou com a gente, estávamos rezando um salmo e ele também recitou uma frase. Depois, junto com ele, nos próximos dias chegou mais um outro rapaz, depois mais um e mais um ainda. Uma semana depois todos estavam junto conosco rezando. Ali eu entendi que os jovens estavam pedindo não somente um telhado, um prato, uma cama, mas estavam pedindo encontro com Deus; eles tinham fome e sede dele.

Nesses anos alguém riu de mim, dizendo que queria salvar os jovens com Ave Maria, e diziam que não tinha sentido de propor a oração, mas sobretudo que não era justo. Eu acolhi aquilo que me diziam, nunca levei uma coisa pessoal, as vezes sorria, mas sempre segui em frente, seguindo aquilo que sentia seja verdade. Quando me diziam: “Antes de tudo têm o homem, a sua liberdade, depois têm Deus” eu escutava e no interior estava pensando: “Que homens têm sem Deus? No fundo me pediram eles mesmos de encontrá-lo e conhecê-lo”. A oração vem proposta porquê desejo que possam saborear a fé, não somente como algo de teoria, mas como um encontro que transforma a tua vida, que faz com que você se sente bem com você mesmo e com os outros.

A experiência de oração dos jovens é muito simples, mas concreta. Os rapazes muitas vezes me dizem: “Quando rezo, estou melhor”. É assim! Quando você reza, você está mudando sem perceber. Então se você está zangado, você começa a ser um rapaz, mas calmo. Eu digo ‘rapaz’, mas posso dizer mesma coisa eu mesma: mais rezo e mais sou paciente, sou mais compassiva, e a Misericórdia de Deus é sempre mais forte dentro de mim. Quem reza bem, vive bem! A oração é aquela nutrição que transforma a tua vida e que responde aqueles desejos profundos que tens dentro por tanto tempo. Esse milagre da oração contemplo real, atual, verdadeiro há muitos anos."